quinta-feira, 1 de março de 2012

Ah, aquele pãozinho francês...

Olá pessoal, boa noite!

Primeiramente gostaria de agradecer o convite de estar aqui compartilhando com vocês um pouquinho do que eu venho aprendendo a respeito de emagrecimento! Estou muito feliz! :)
Meu nome é Natália e sou ex-fofinha (emagreci 14 kg)! Sou internacionalista, mas não atuo na área e, hoje em dia, trabalho em uma empresa da área de emagrecimento e mudança de hábitos alimentares e sou autora do blog Leve para Sempre. Farei postagens semanais, todas as quintas, às 14h, a respeito de Dietas Especiais.
Vou abordar de uma maneira leve, algumas doenças que muitas de nós temos, mas às vezes nem percebemos! Conhecer e identificar essas limitações pode nos ajudar muito no emagrecimento. Vamos ter dicas, desafios, receitas, dietas e vitórias alcançadas!
O tema de hoje é a Doença Celíaca, também conhecida como uma intolerância permanente, isto é, por toda a vida, ao glúten. O glúten é uma proteína que está presente nos seguintes alimentos: trigo, aveia, centeio, cevada e malte.

A doença celíaca ocorre em pessoas com tendência genética à doença. Geralmente aparece na infância, nas crianças com idade entre 1 e 3 anos, mas pode surgir em qualquer idade, inclusive nas pessoas adultas.
Quais são os sinais mais comuns da doença? Podem variar de pessoa a pessoa, porém os mais comuns são (mas a pessoa não precisa apresentar TODOS esses sintomas para comprovar que tem intolerância à glúten, ok?):
  • Diarreia crônica (que dura mais do que 30 dias)
  • Prisão de ventre
  • Anemia
  • Falta de apetite
  • Vômitos
  • Emagrecimento
  • Atraso no crescimento
  • Humor alterado
  • Irritabilidade ou desânimo
  • Distensão abdominal (barriga inchada)
  • Dor abdominal
  • Perda de peso ou pouco ganho de peso
  • Osteoporose
Ah, então quer dizer que se eu deixar de consumir alimentos com glúten eu vou emagrecer? Não necessariamente. Mas algumas linhas de pesquisa demonstram que o não consumo dessa proteína pode auxiliar na perda de peso, sim! Querem fazer o teste? Quem tiver interesse, veja aqui uma dieta sem glúten que promete eliminar 3kg em 9 dias. Quem fizer o teste me avisa!
Além dessa dieta, eu trouxe abaixo a receita de um pão sem glúten que eu adoro, feito no liquidificador!
Ingredientes:
  • 1 colher de sopa de fermento em pó
  • 4 ovos
  • 2 xícaras de leite desnatado
  • 1/2 xícara de óleo
  • 4 xícaras de farinha (opções: polvilho azedo, farinha de arroz, farinha de mandioca, flocão de arroz, flocão de milho, farinha de soja)
  • Sal, pimenta e ervas a gosto
Pronto! Bate tudo junto no liquidificador e coloca no forno até dourar. Como esse pão não contém conservantes, eu deixo fatiado no congelador e vou tirando a medida que quero co
nsumir. É light, saudável, dá saciedade e é uma boa maneira de variar o pão integral de todo dia.


Espero que vocês tenham gostado!

Beijos!


Natália Teixeira
www.leveparasempre.com








6 comentários:

  1. Não tenho problema com glutem mas essa receita me chamou a atenção! Já vai entrar para a lista!

    ResponderExcluir
  2. Adorei Nati, minha prima descobriu essa doença agora com 27 anos!! É bastante difícil pra ela e constrangedor para a familia qnd estamos em algum jantarzinho e ela chega sabendo que ela não come mais gluten, mts vezes esquecemos e acaba nao tendo nada pra ela comer! A salvação dela é o pão de queijo que não contém gluten. Adorei o primeiro post!!! Aguardo muito mais!! Beijossss

    ResponderExcluir
  3. Adorei a reportagem, principalmente pois estou nela. O bom dessa receita é que você não fica limitada ao pãozinho de queijo. Bjs, Valéria

    ResponderExcluir
  4. Há quem ache esse pãozinho inclusive mais gostoso que o francês.. Eu, por exemplo..

    ResponderExcluir
  5. oi adorei o post, principalmente pela informação, pois desconhecia a doença e agora passo a enxergar com novos olhares.
    vamos a luta
    bjkas

    ResponderExcluir